WWW.ABSTRACT.DISLIB.INFO
FREE ELECTRONIC LIBRARY - Abstracts, online materials
 
<< HOME
CONTACTS



Pages:   || 2 | 3 |

«A Indústria Fonográfica em Minas Gerais1 Wanir Campelo Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH). Ângela de Moura Centro Universitário de ...»

-- [ Page 1 ] --

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação

XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008

A Indústria Fonográfica em Minas Gerais1

Wanir Campelo

Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH).

Ângela de Moura

Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH)

Nair Prata

Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH)

Sônia Pessoa

Centro Universitário Newton Paiva e Faculdade Estácio de Sá Waldiane Fialho Faculdade Estácio de Sá Resumo Este trabalho visa fazer um levantamento da indústria fonográfica em Minas Gerais, caracterizando-a no mercado brasileiro. A pesquisa traça um breve panorama do setor no Estado, relacionando o tipo de atividade exercida (artística, comercial, industrial), a infra-estrutura; a rotina de promoção e divulgação de CDs e de artistas e os desafios diante das novas tecnologias. Além de levantamento bibliográfico, foram realizadas entrevistas e visitas técnicas às gravadoras em Belo Horizonte.

Palavras-chave: indústria fonográfica; mídia sonora; mercado fonográfico

1. O mercado fonográfico nacional O mercado fonográfico brasileiro parece ser marcado no final do século XX e início do XXI por alguns fenômenos importantes, que têm sido objeto de estudo de pesquisadores, ainda que o tema não ocupe muito espaço na academia. Assemany (2001) aponta dois movimentos relacionados à pirataria e ao advento da Internet: a venda de cópias falsificadas e a transferência de músicas (fonogramas digitais) pela rede mundial de computadores. O autor não demonstra otimismo em relação ao que ele considera os principais problemas ainda insolúveis da indústria fonográfica. Tanto a pirataria, quanto a Internet estariam tirando cifras consideráveis da receita do setor.

De acordo com as estatísticas da Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos (APDIF), o Brasil está entre os dez países mais afetados pela pirataria de CDs. A maior apreensão ao comércio ilegal e pirata no Brasil teria ocorrido em 2006, ainda segundo a APDIF, quando mais de47 milhões de CDs e DVDs foram apreendidos, o que significa 57% a mais se comparado ao montante confiscado no ano Trabalho apresentado ao VIII Encontro dos Núcleos de Pesquisa em Comunicação NP-RA NP Rádio e Mídia Sonora do XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação Pirataria é entendida aqui como cópia indevida de programas de informática, de fitas de vídeo ou de som.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008 anterior. Pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos3 em dez regiões metropolitanas do Brasil traça o perfil do consumidor brasileiro de CDs originais e piratas. Em Belo Horizonte, por exemplo, nosso cenário de pesquisa, metade dos entrevistados declarou consumir CDs piratas enquanto a outra metade declarou comprar somente CDs originais.

Silva (2001) acredita que a globalização trouxe outro movimento mercadológico digno de registro: a fusão entre grandes empresas no cenário de produção e distribuição de discos, cuja conseqüência principal é a formação de conglomerados de mídia. Um dos exemplos de situações semelhantes às citadas pelo autor é das empresas Sony e BMG, hoje SonyBMG. As fusões provocam conseqüências paradoxais para o mercado levando-se em consideração os jogadores envolvidos no processo: grandes corporações, funcionários e prestadores de serviços. O impacto social não pode ser desconsiderado em um processo cada vez mais freqüente em setores econômicos diversos, incluindo-se aqui a indústria do entretenimento. Grosso modo, se por um lado, a concentração de empresas em um conglomerado permite às corporações aumentar lucros, reduzir despesas e compartilhar fatores mercadológicos de risco, por outro, pode significar demissões em massa (MORAES, 2004).

O Digital Music Report 2008 (DMR 2008), desenvolvido pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), que agrega cerca de 1.400 gravadoras em 76 países, aponta novidades no setor. O documento4 indica outra mudança significativa nas atividades da indústria fonográfica: as gravadoras estariam se transformando em companhias digitais, uma vez que a venda de músicas on-line e via celular cresceu 185% no Brasil e 40% no mundo em 2007. São 2,9 bilhões de dólares movimentados no mundo com tais vendas, cifra superior aos 2,1 bilhões registrados em 2006. As vendas digitais representam atualmente, ainda segundo o DMR 2008, 15% do mercado musical no mundo. A indústria fonográfica estaria experimentando uma série de novidades de modelos de negócios e de produtos de música digital. Quatro milhões de faixas musicais já estão disponíveis na Internet em formatos diversos. Quinhentos serviços de música on-line são considerados legítimos pela IFPI em 40 países. No Brasil, a entidade relaciona 20 serviços, apontando os websites Terra e Uol como os dois maiores no Publicada em www.abpd.org.br.

O relatório foi publicado nos sites da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (www.ifpi.org) e da Associação Brasileira de Produtores de Discos (www.abpd.org.br).

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008 segmento iMusica. De acordo com análise da Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD), o relatório demonstra que a indústria fonográfica se adapta à combinação das habilidades tradicionais de descobrimento e comercialização da música com a tecnologia digital.





O mercado fonográfico brasileiro reúne dez grandes gravadoras que fazem parte da Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD), criada em 1958, além de diversas outras gravadoras consideradas independentes ou que não fazem parte da Associação. Com sede no Rio de Janeiro, a ABPD representa a Emi Music, Indie Recordes, Microservice Tecnologia Digital, MK Music, Paulinas, Som Livre, Sony BMG, Sunshine Records, Universal e Warner Music. Quatro das dez gravadoras associadas à ABPD são empresas multinacionais: SonyBMG, Warner Music, Universal Music e EMI Music. O restante é constituído por empresas de capital nacional. O mercado de vendas on-line no Brasil vem crescendo de maneira significativa. O site da ABPD traz a informação de que 2,9 milhões de pessoas baixaram música da Internet em 2005, representando 8,2% do universo pesquisado. O dado indica que foram extraídas da rede mundial de computadores 1,1 bilhão de canções. No ranking mundial da IFPI, o Brasil não figura entre os dez primeiros colocados em vendas on-line, como acontece com a comercialização de fonogramas musicais.

1.1 Mapeamento da indústria fonográfica em Minas Gerais Esta pesquisa adotou os seguintes procedimentos metodológicos, baseados em metodologia definida por Borges, Ferreira e Jambeiro (2006), que estudaram a indústria fonográfica de Salvador e sua inserção no mercado brasileiro: 1) Coleta e análise de dados sobre as empresas nacionais e/ou multinacionais, que constituem a indústria fonográfica no Brasil e que têm escritórios regionais em Belo Horizonte, baseando-nos na relação disponibilizada pela Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD) e da Associação Brasileira da Música Independente (ABMI); 2) Mapeamento das empresas produtoras de fonogramas sediadas em Belo Horizonte, a partir de informações de produtores culturais e funcionários de emissoras de rádio também sediadas em Belo Horizonte; 3) Visitas técnicas à sede e/ou escritórios regionais das empresas com o objetivo de checar os dados; 4) Entrevistas5, com aplicação de A transcrição das entrevistas foi realizada por bolsistas e voluntários integrantes do Projeto de Extensão Radioescola Ponto Com, coordenador pela professora Wanir Campelo do Uni-BH: Juliana Garcia, Bianca Vargas, Michelle Leal, Rosânia Felipe, Marney Vilela e Thiago Pereira.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008 questionário contendo perguntas objetivas e subjetivas sobre dados institucionais, funcionais, mercadológicos, técnicos e tecnológicos. Responderam o questionário funcionários e representantes das empresas que constituem a indústria fonográfica mineira; 5) Sistematização dos dados e redação do trabalho.

–  –  –

2 As multinacionais em Minas Das quatro maiores empresas da indústria fonográfica mundial, três delas estão representadas em Minas Gerais, com escritórios regionais localizados em Belo Horizonte: Emi Music, Universal Music e Sony BMG. As atividades de cada uma estão relacionadas a seguir a partir do depoimento dos profissionais que as representam e das informações publicadas nos sites das empresas. Um dos termômetros das gravadoras é o relatório diário da Crawler, empresa que monitora a quantidade de vezes que determinada música é veiculada em uma emissora. A empresa tem escritórios em diversos estados brasileiros. A partir da gravação da programação, a Crawler emite relatórios informatizados nos quais se pode consultar a música, a emissora, o horário em que foi tocada e o número de execuções diárias. Para as gravadoras, o monitoramento equivale ao Ibope diário da própria indústria fonográfica, apontando gravadoras, selos e bandas, que aparecem na grade de programação. Para o produtor musical mineiro Rubem di Souza, que nos últimos sete anos produziu mais de 90 discos, o mercado fonográfico teve excelentes resultados entre 1992 e 2002, mas a consolidação da Internet, da música digital e do MP3 modificou o cenário: “O mercado fonográfico, iludido e maravilhado com os lucros fáceis do CD, não prestou atenção neste fenômeno Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008 e não se preparou para esta crise que está enfrentando hoje, com o disco se tornando obsoleto e o mercado vivendo a sua pior crise dos últimos 50 anos6”.

2.1 Emi Music A EMI (Electric and Musical Industries) é uma das quatro maiores gravadoras do mundo. Sua sede fica em Londres e opera em 25 países, entre eles o Brasil. Em Minas, está há quase meio século e hoje é representada pelo promotor de vendas e divulgador, Alessandro Adolfo Viriato7, que trabalha no setor há 19 anos e está na EMI há cinco.

Fica também sob a responsabilidade dele representar a EMI nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O divulgador da Emi Music tem rotina atribulada. Vive com um olho no dial para verificar as músicas mais tocadas e outro nas promoções realizadas em parceria com as emissoras. “Levo o produto novo e apresento a intenção da companhia diante daquele produto. Como estou há muito tempo no mercado, conheço cada um em cada veículo dessa cidade e todos também já me conhecem. Temos uma relação muito respeitosa, mas muito informal também. Trocamos impressões, batemos um papo e discutimos estratégias”, afirma Viriato. Ao representante de Belo Horizonte cabe o recebimento da música que, na maioria das vezes, chega por e-mail. Grava-se daí o CD, que será levado às emissoras de rádio para ser distribuído e executado. “É uma negociação que pode depender de promoções com o artista, sua agenda de shows e uma série de outros fatores”.

Todos têm metas a ser alcançadas. As de Viriato chegam mensalmente e servem tanto para divulgação, quanto para venda. Para alcançá-las, ele garante que mantém contato constante com os responsáveis pela seleção das músicas que vão compor a grade de programação das emissoras, fazendo visitas cordiais e atendendo a todos no instante em que é solicitado. Aqui em Belo Horizonte, Viriato é responsável pelas rádios BH FM – do Sistema Globo de Rádio; Alvorada, Transamérica, 98 e Rádio Inconfidência, mas a divulgação do trabalho, que inclui jornalismo produção de release, assessoria de imprensa e TV, é toda feita em São Paulo.

O monitoramento da execução das músicas pelas emissoras de rádio realizado pela empresa Crawler tem função dupla. Por um lado, serve como parâmetro para negociação com as rádios que, porventura, não estejam tocando de acordo com o Entrevista ao grupo de pesquisa, em 03/2007.

Entrevista ao grupo de pesquisa em 06/08 Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Natal, RN – 2 a 6 de setembro de 2008 interesse e a necessidade mercadológica da gravadora. Por outro lado, é um instrumento de pressão da gravadora. Afinal se o artista não corresponde às expectativas da empresa no que diz respeito ao número de vezes em que a música é executada na rádio, o prejuízo é grande, pois houve um alto investimento e o retorno esperado teria que ser alcançado. Hoje, a EMI tem em seus quadros cantores como Jorge Vercillo, Charlie Brown Júnior, e Diogo Nogueira, além dos mineiros Milton Nascimento e Marina Machado.

2.2 Universal Music Até o ano passado, as tarefas na Universal em Minas Gerais eram divididas. Havia um divulgador, um representante comercial para a capital e outro para o interior. Hoje, a exemplo do que aconteceu com a EMI, todas estas funções se concentraram nas mãos de um único profissional: Sílvio Antônio de Moraes, que está há 30 anos na mesma gravadora.A Universal não tem mais a sala onde funcionava, até o ano passado, localizada na Avenida Afonso Pena, bem no coração da cidade. Hoje, Sílvio tem o seu escritório em casa mesmo. “Passo a maior parte do meu tempo levando meu produto para as rádios. Minha missão é transformar a música lançada pela gravadora, em um produto conhecido mundo afora. 8”.



Pages:   || 2 | 3 |


Similar works:

«LETNI DELOVNI NAČRT ZA LETO 2014 Društva U3 Univerze za tretje življenjsko obdobje Zasavska regija Trbovlje Pripravila: Zvonimira Selan 1 KAZALO VSEBINE 1. UVOD 1.1 Predstavitev U3..3 1.2 Cilji in dejavnosti v letu 2014..4 1.3 Načrtovane investicije..4 2. ORGANI 2.1 Zakonske podlage..4 2.2 Občni zbor društva..4 2.3 Strokovni organi..4 2.4 Delo predsednika..5 3. PREDVIDEN OBSEG DELA 3.1 Jezikovni krožki..6 3.2 Strokovni krožki..6 3.3 Družabno razvedrilno področje..6 3.4...»

«WORKING PAPER N° 2003-03 From income to endowments : the difficult task of expanding the income poverty paradigm. François Bourguignon, Mots clés : Codes JEL : From income to endowments : the difficult task of expanding the income poverty paradigm 1 François Bourguignon2 Abstract Conceptual limitations appeared very early in the development of what may be called in economics the 'income poverty (or inequality) paradigm'. They were mostly concerned with the definition of poverty and the use...»

«77 J. Electroanal. Chem., 301 (1991) 77-85 Elsevier Sequoia S.A., Lausanne An iridium based mercury ultramicroelectrode Fabrication and characterization Samuel P. Kounaves and Wen Deng Department of Chemistv, Tufs University, Medford, MA 02155 (USA) (Received 15 June 1990; in revised form 13 August 1990) Abstract A mercury ultramicroelectrode (Hg-UME) has been prepared by electrochemical deposition of mercury on an iridium substrate. The iridium UMEs can be prepared with radii of l-20 pm using...»

«On the origin of sympatric fruit doves in a small and remote Pacific archipelago By Alice Cibois*, Jean-Claude Thibault, Jean-Yves Meyer and Eric Pasquet Abstract Fruit doves of the genus Ptilinopus (Columbidae) form a large group of more than 50 species that have been successful in colonizing most of the Pacific Ocean, with sympatric species on several small oceanic islands. A new phylogeny of this genus and allies (Cibois et al. 2014) showed that all these cases of sympatry derived from...»

«INTRODUCTION TO SKI PATROLLING (Patroller 101) A Multi-discipline Course 1999 Edition National Ski Patrol 133 S. Van Gordon, Suite 100 Lakewood, Colorado 80228 303-988-1111 Fax: 303-988-3005 or 800-222-5754 E-mail: nsp@nsp.org or education@nsp.org Introduction to Ski Patrolling 1 TABLE OF CONTENTS Introduction Course Synopsis Recordkeeping Quality Management Prerequisites References Module Lesson Guides Module 1 – Risk Management Module 2 – Adapting to the Outdoor Environment Module 3 –...»

«A Paradigmatic Shift for the Turkish Generals and an End to the Coup Era in Turkey Ersel Aydinli The Middle East Journal, Volume 63, Number 4, 2009, pp. 581-596 (Article) Published by Middle East Institute DOI: 10.1353/mej.0.0092 For additional information about this article http://muse.jhu.edu/journals/mej/summary/v063/63.4.aydinli.html Access Provided by Bilkent Universitesi at 07/07/10 7:10AM GMT © Middle East Institute. This article is for personal research only and may not be copied or...»

«SIMON ROBERTS The Meaning of Motherland by Rosamund Bartlett, 2006 A person without a motherland is like a nightingale without song. (Russian proverb) You might say that the Russians like to make things difficult for themselves. Or perhaps it is just that they are exacting when it comes to concepts that are particularly important to them. After all, they distinguish between two types of truth (everyday pravda and immortal istina, as defined by Vladimir Nabokov in a 1940 essay on Russian...»

«USING THE PAW/PEM MONITORING SYSTEMS == TO SUPPORT OPERATIONS AT POINT LEPREAU B S. MacDonald1, M. Mclntyre2, H. Dai2, W. Thompson2, G. MacDonald3 ^O O New Brunswick Power, Atlantic Nuclear Services Ltd, Formerly with Atlantic ^ = g» Point Lepreau Generating Station, P.O. Box 1268, Fredericton, Nuclear Services Ltd. ^§ P.O.Box 10, Lepreau, New Brunswick, E3B 5C8. Currently with Atomic ^= O New Brunswick, E3O 2H0 Energy of Canada === INTRODUCTION The plant data logger was brought on-line at...»

«Leading Organizational Change Is Like Climbing a Mountain by Judith Zimmerman Abstract Leading organizational change is like climbing a mountain. Transformational leaders must prepare to lead change, understand the process and nature of change, and provide the essential gear so that those involved can be successful. The author draws on the literature and personal experiences as a hiker and change leader to provide a guide for leading organizational change. My husband Bill and I have had the...»

«A Clockwork Orange: The Intersection Between a Dystopia and Human Nature By Samantha Moya An archetypal depiction of a dystopia is one dominated by bleakness and roboticism, a totalitarian government enforcing upon the people a lifestyle that lulls them into a state of obedience. Anthony Burgess’ 1963 novel, A Clockwork Orange, is a nightmarish vision of future Britain, one in which behavioral modification is taken to dangerous extremes in the quest for preserving the order of a disconnected...»

«Larch Mill, Bleasdale Street, Royton, Greater Manchester Archaeological Evaluation Report Oxford Archaeology North July 2014 CgMs Consulting and Morris Homes Ltd Planning Ref PA/334685/13 Issue No: 2014-15/1539 OA North Job No: L10754 NGR: SD 91948 08155 Larch Mill, Bleasdale Street, Royton: Archaeological Evaluation CONTENTS SUMMARY ACKNOWLEDGEMENTS 1. INTRODUCTION 1.1 Circumstances of Project 1.2 Site Location and Geology 2. METHODOLOGY 2.1 Introduction 2.2 Evaluation Trenching 2.3 Finds 2.4...»

«ZON – Facing New Challenges in the Home Entertainment Market Author: Cláudia Filipe | Advisor: Prof. Pedro Celeste i ACKNOWLEDGMENTS I remember spending half of my Masters scared about how it would be to write a thesis. When finally the moment came, I am glad for having total support of my dear friends and family who remained by my side. For this reason and for being so comprehensive I want to thank my parents. Plus, to my dearest friends, who walked by my side, I would like to remind you...»





 
<<  HOME   |    CONTACTS
2017 www.abstract.dislib.info - Abstracts, online materials

Materials of this site are available for review, all rights belong to their respective owners.
If you do not agree with the fact that your material is placed on this site, please, email us, we will within 1-2 business days delete him.